Ilhas de Plástico

O Oceano Pacífico está cheio de ilhas, como todos já sabem. O que poucos sabem é que, entre a costa do estado norte americano da Califórnia e do Havaí existe uma ilha pouco atrativa aos olhos dos turistas e do meio ambiente. Denominada como a Grande Porção de Lixo do Pacífico, a ilha é formada por 79 mil toneladas de plástico e com 1,6 milhão de metros quadrados de detritos, segundo estudos feitos pela exploração da organização Ocean Cleanup Foundation.

Sim, é uma ilha de lixo.

Essa ilha de lixo – ou “sopa de dejetos” – é mais uma das consequências da enorme produção de lixo que o ser humano tem causado. Por conta das atividades oceânicas do Pacífico, muitos descartes dos países da região se acumulam por ali.

O departamento de ciência do governo do Reino Unido revelou que até 2025 há uma tendência de que os oceanos estarão três vezes mais poluídos com plástico do que atualmente. Como essa sopa de dejetos contém, em sua maioria, objetos plásticos, estima-se que a decomposição desse lixo pode durar 450 anos ou mais. Não é uma notícia animadora.

Sendo assim, separamos 5 dicas simples do que nós podemos fazer no nosso dia a dia para evitar que essas ilhas cresçam e se proliferem cada vez mais pelos nossos oceanos:

DICA #01 – Descarte correto Na sua casa ou no seu trabalho você já pode começar fazendo diferente. Você só precisa organizar os lixos em três categorias de resíduos para fazer o descarte correto. 1- Lixo orgânico e seco 2- Não reciclável 3- Reciclável

DICA #02 – Sacolas biodegradáveis Não se engane! Você até pode fazer o descarte correto e separar os resíduos nas categorias acima. Mas de nada adianta reunir todo esse lixo dentro de uma sacola plástica do mercado e jogá-la para ser recolhida pela coleta comum. Procure por sacolas biodegradáveis.

DICA #03 – Amasse as latinhas e garrafas PET Para ajudar no processo de reciclagem, ao jogar fora latinhas de alumínio ou garrafas PET procure diminuí-las. Amassá-las com as mãos ou os pés já é uma solução suficiente para auxiliar no processo.

DICA #04 – Recicle o óleo de cozinha Sim, o óleo de cozinha, após ser utilizado para frituras ou cozimento, pode ser reciclado. Não jogue-o direto na pia, além de entupir o seu encanamento, o óleo pode contaminar até 18 mil litros de água.

DICA #05 – Faça escolhas conscientes Ao ir às compras, escolha produtos sem embalagem ou isopor. Eles só servem para acumular ainda mais lixo. Troque as sacolas plásticas do mercado por uma ecobag. Não use copos descartáveis de plástico, escolha produtos reutilizáveis. Pense coletivamente. Procure saber sobre a coleta seletiva no seu bairro, ou encontre locais que recebam o lixo reciclável. Faça a sua parte todos os dias!