Glitra

GLITRA é filha da Maíra Inaê, mulher, ativista e apaixonada pelo carnaval. Radicada no Rio de Janeiro, Maíra Inaê descobriu que a purpurina tradicional, além de não sair da sua casa, não sai nunca mais do meio ambiente. Por ser feita de micro-plástico, o glitter que conhecemos contamina o solo, os rios, os oceanos e toda a vida marinha.

“Eu amo brilho, mas sofria vendo a purpurina escorrer pelo ralo. Sempre fui super ativista, trabalhei muitos anos no terceiro setor lidando com sustentabilidade e o plástico sempre foi uma grande questão pra mim. Buscava há algum tempo uma forma divertida de tratar sobre esse assunto que tanto me afligia”, conta Maíra. “Em 2017 fui no Burning Man - festival de arte nos EUA e me dei conta que a purpurina lá é proibida, porque o pacto deles é não deixar rastros no meio ambiente. Aquilo ficou mais uma vez na minha cabeça e na volta ao Brasil resolvi encontrar uma solução para os aficionados em brilho como eu.” 

PROPÓSITO

A GLITRA nasceu do desejo de espalhar o brilho sem culpa. Nosso maravilhoso banho de brilho é uma maquiagem vegana produzida com manteigas, ceras e óleos naturais misturados à purpurina biodegradável à base de celulose de Eucalipto. Ou seja, feita de plantas ela se degrada no contato com os micro- organismos presentes no solo e na água sem deixar rastro. Bem diferente da purpurina tradicional, que é feita de micro-plástico que contamina toda nossa água e a vida marinha.

100% de nossa produção é artesanal, feita com muito carinho por mulheres incríveis no Brasil, portanto, cada potinho é diferente do outro! Escolhemos conscientemente valorizar e investir em nossas parcerias para fortalecer a indústria e o mercado nacional. Seria muito mais barato e fácil produzir fora, mas acreditamos que o esforço e (custo extra) vale a pena a longo prazo. Obrigada por ajudar nossa comunidade a florescer 1 potinho por vez.